_instagram _facebook

_blog do sangion

Se o treino é bom, o corpo sente.

Não é caso de se matar, de sair da academia cambaleando, de sentir dores pelo corpo. Mas é preciso ficar cansado, com a certeza de que fez bastante força ou que correu alguns quilômetros, com todo suor de sua alma saindo pelos poros. E, claro, imensamente feliz, com aquela deliciosa sensação de bem-estar, fruto das substâncias que agem no organismo toda vez que fazemos algum exercício físico mais puxado. É assim que você deve se sentir ao treinar no limite, como pedem os estudos que mostram índices de um bom rendimento na atividade física. Portanto, não se engane: se você termina o treino como quem ficou alguns bons minutos caminhando pelo shopping ou contemplando a paisagem na praia, é sinal de que não aproveitou como deveria o programa de exercícios físicos proposto. E, mesmo quando está treinando, você é perfeitamente capaz de perceber se não está dando o melhor de si. Sabe quando você puxa ferro com extrema facilidade, não fica, em momento algum, ofegante na esteira ou na bike? Quando retoma a série de musculação, após a pausa de descanso, como se estivesse começando a treinar naquele momento? Quando está tão confortável, que é capaz de pensar em todos os seus problemas enquanto realiza o agachamento? Tudo isso indica que você não está se exercitando no limite. Quem se esforça de verdade no treino precisa estar focado e, obviamente, nessas condições, não dá para pensar em mais nada a não ser no movimento a ser realizado. Ou, no máximo, pensa-se na pausa de descanso, torcendo para que ela chegue logo, pois o movimento está incomodando a musculatura. Sim, fique atento a essas observações para tirar o máximo de proveito do treino. Só assim você terá a certeza de que ele produzirá o resultado esperado. 

© 2021 Les Cinq Gym | Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Marco Arini

WhatsApp Fale conosco