_instagram _facebook

_blog do sangion

Você pode comer bem no Natal

Se você pratica atividade física focando algum resultado estético, deve saber que a alimentação regrada tem papel fundamental na empreitada. E como atleta de fitness, confesso que essa é a parte mais difícil da preparação: não comer aquilo que muitas vezes desejo. Nos dois casos, as festas de final de ano são provações terríveis, pois a oferta de guloseimas nas ceias de Natal e Réveillon é de tirar qualquer um do sério. O que fazer nessa hora? Deixar a dieta de lado, abraçando esses pequenos prazeres da vida ou ser firme no propósito? Vou dar minha opinião: se jogue nessas ceias. Fazer uma ou duas refeições de deslizes na semana não lançarão por terra o seu projeto. Converse com algum nutricionista de sua confiança: essa quebra na dieta até é boa para dar um up no metabolismo (processo de transformação dos alimentos em energia). Afinal, a tendência é o organismo se adaptar a qualquer situação. Ou seja, pode ser preciso oferecer uma boa oferta de alimentos, uma vez ou outra, para que o corpo não teime em armazenar nutrientes, prevendo uma nova restrição calórica. Ainda que cada organismo reaja de forma diferente, segundo estudos mais recentes a respeito. De qualquer forma, se você leva a sério a escrita de que é preciso selecionar melhor o que se come para obter melhores resultados na malhação, no dia seguinte à comilança é possível retornar, sem trauma, à dieta. Outro ponto positivo: uma vez que mate a sua vontade de comer pratos que normalmente não come, você consegue encarar melhor a dieta e até a malhação. Pior seria ficar pensando, com tristeza, naquele prato maravilhoso de Natal que você rejeitou.

© 2021 Les Cinq Gym | Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Marco Arini

WhatsApp Fale conosco