_instagram _facebook

_blog do sangion

A patrulha da dieta alheia

Confirme com um nutricionista ou nutrólogo de sua confiança: o apoio das pessoas mais próximas é fundamental para que você mantenha a dieta, não importando se precisa perder alguns ou vários quilos. Se já é difícil resistir às tentações à mesa que sua mãe oferece nos almoços de domingo, ou as que o mercado da engorda teima em jogar na sua cara a todo momento, imagina se tem alguém insistindo para você quebrar a promessa de comer apenas aquilo que faz parte do seu cardápio? Com o apoio dos entes queridos e daqueles que normalmente dividem a mesa com você na hora do almoço, por exemplo, caso você trabalhe fora, fica mais fácil manter-se focado na dieta. Portanto, tenha o mínimo de paciência para explicar a eles que você tomou a decisão de não recolher calorias desnecessárias do prato. E que, por mais chato que possa parecer a recusa de virar um chopinho, ou de beliscar amendoins e azeitonas no happy hour, eles precisam dar uma força e aceitar o fato de você tomar água ou comer rodelas de batata-doce que levou em um tupperware. Não será para a vida toda (ainda bem!), mas no período em que você estiver fazendo dieta. Deixe isso claro para evitar atritos. O desespero de quem precisa perder peso e não conta com apoio daqueles que estão próximos à mesa é parecido com o de vegetarianos que convivem com uma legião de amigos carnívoros – e insistentes, que não aceitam a ideia de que salaminho também entra no pacote chamado carne. Se a patrulha da dieta alheia (no caso, da sua) não deixa você, que precisa perder peso, em paz, talvez seja o caso de não aceitar mais jantar fora com ela ou de participar de programas conjuntos que incluam beliscar calorias que colocam sua dieta em cheque. Lembre-se: essa recusa não será por toda a vida e a amizade será restabelecida na sequência.

© 2021 Les Cinq Gym | Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Marco Arini

WhatsApp Fale conosco