_instagram _facebook

_blog do sangion

Só uma paradinha e olhe lá

Qual a sua relação com a pausa entre um exercício ou uma série e outra? Poucas pessoas se tocam disso: o período de repouso, ainda que breve, faz parte de todo o processo de treinamento e pode influenciar no resultado do mesmo. Na musculação, por exemplo, se quiser manter a musculatura sob tensão, para tirar o máximo de proveito dela, os intervalos não podem ser muito longos – em média, entre trinta segundos e um minuto. Se você resolve que precisa colocar o papo em dia com o amigo, e fica até cinco minutos no intervalo, sinto dizer que o seu treino não vai ter o mesmo efeito se obedecesse o tempo de pausa determinado pelo professor. O mesmo vale quando você estiver correndo. Dependendo do tipo de treino, manter o ritmo é essencial para suas pretensões. Ou seja, não convém ficar parando o tempo todo. Uma paradinha para se hidratar é providencial – e mesmo assim, se você estiver em uma esteira, dá para fazer isso correndo. Se o cadarço desamarrar, também é preciso parar, pois envolve uma questão de segurança. E é bom lembrar, para quem corre principalmente, que é bom investir em um tênis próprio que não vá deixar você não mão, a ponto de ter que ficar parando a todo momento para amarrá-lo. Não há ritmo de treino que suporte isso.

© 2019 Les Cinq Gym | Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por MD START

WhatsApp Fale conosco