Alameda Lorena, 1004 | CEP: 01424-001

Saia da zona de conforto

A minha metodologia de treinamento, que leva ao melhor resultado nos exercícios, é simples: suar a camisa sempre no limite máximo de esforço. Uma maneira de captar isso na musculação é procurar treinar sempre com a carga máxima, de modo que você mal consiga executar a última repetição da série. Isso, no entanto, não quer dizer que você deva fazer o exercício de qualquer jeito. É preciso realizar o movimento corretamente, mesmo quando você dá o seu máximo. Agora, muitas vezes, o seu esforço máximo não está necessariamente relacionada à carga, mas com o nível de exaustão que você impõe à musculatura. Por exemplo: a carga pode até ser mais baixa, desde que você mal consiga realizar a última repetição da série, por ter imposto algum tipo de dificuldade ao movimento, como quando realiza o mesmo mais lentamente. Ou quando usa a isometria, ficando estático por alguns segundos no momento de maior contração muscular, na última repetição da série. O mais importante, portanto, quando falo em esforço máximo, é realizar o exercício de maneira que você se sinta desconfortável, com a sensação de que a série está, digamos, “puxada”. É, de fato, sair da zona do conforto. Se você sente que está tudo muito fácil, está longe da sua zona de esforço máximo. E, assim, é provável que não atinja o resultado almejado. Fique de olho nesses detalhes, pois eles fazem toda a diferença.

Deixe seu comentário

WhatsApp chat